6 de mai de 2012

5º Domingo da Páscoa - Jesus é a videira


A Boa Notícia de Jesus Cristo

João 15, 1-8

“Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanece em Mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer.” (Jo. 15, 5)

A imagem da videira aparece por todo o Antigo Testamento. é comparada com o povo de Israel que Deus plantou e cuida como propriedade Sua esperando que ela dê os bons frutos no momento oportuno. Porém, esta videira, apesar de ser tratada com tanto cuidado, acaba decepcionando o vinhateiro. O povo de Israel comete infidelidade, peca contra Deus. Jesus retoma esta imagem, mas a torna pessoal. Ele é a videira verdadeira. Nele, não somente os judeus, mas toda a humanidade pode ser enxertada. É Nele que, pela fé e pelo batismo, somos incorporados e formamos a Igreja. A seiva do amor alimenta esta videira. Quem ama permanece unido ao tronco, a Jesus, e seu amor se alastra para os outros membros.

Neste mundo relativista, é comum ouvirmos que o importante é ser bom, fazer coisas boas, ajudar o próximo independentemente da religião. Porém, nosso Senhor ensina que sem Ele nada podemos fazer, ou seja, sem estarmos unidos a Cristo não conquistamos mérito nenhum diante de Deus por mais que façamos boas obras. E os cristãos que são os ramos desta videira que é Cristo, precisam produzir frutos, perseverando na fé e na caridade, vivendo na graça de Deus. Mesmo sendo cristãos, se formos estéreis, vivendo no pecado e na falta de amor ao próximo, nos separamos de Jesus Cristo. Resumindo: aqueles que não são cristãos não podem se salvar pelas obras; e os cristãos, sem obras, não podem ser salvos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário