21 de abr de 2012

3º Domingo da Páscoa - Sereis minhas testemunhas

A Boa Notícia de Jesus Cristo

Lucas 24, 35-48

“Vós sois as testemunhas de tudo isso.” (Lc 24, 48)

Jesus se encontra com seus onze apóstolos após a ressurreição. Está vivo verdadeiramente. Não é um espírito. É Seu corpo que ressuscitou, glorioso, transformado. A pequena amostra que Pedro, Tiago e João viram no monte Tabor agora aparece em definitivo. Os apóstolos hesitam e não é pra menos. É um fato totalmente novo, jamais ocorrido na História. É o mesmo Jesus que andava, falava e comia com eles, que viram ser preso, agredido e morrendo na cruz que está vivo naquela sala e fala com eles. Jesus toma um pedaço de peixe e come para comprovar que não é um espírito, pois Jesus ressuscitado não tem necessidade de alimentar-se, posto que seu Corpo não precisa de nutrientes para se manter vivo.

Como diz São Paulo, se Cristo não tivesse ressuscitado vã seria nossa fé. Se o plano salvífico de Deus tivesse acabado na morte de Jesus Cristo na cruz teria certamente fracassado. Ressuscitando, Jesus nos dá a vida. Não esta vida natural que todos temos, mas a vida da graça dada pelo Espírito Santo, a vida eterna que havíamos perdido em Adão e que é reservada àqueles que creem Nele e vivem conforme seus mandamentos. Cristo ressuscitou verdadeiramente. Não é uma metáfora, nem uma lembrança que os apóstolos são incumbidos de anunciar, mas um fato real, histórico. Os apóstolos foram suas testemunhas. Viram o Senhor ressuscitado ainda que algumas dúvidas pairassem em seus corações. E saem pelo mundo para anunciar o Evangelho. É no testemunho dos apóstolos que crerão, assim como é no testemunho da Igreja que cremos. Crer em Jesus Cristo não é aderir a um sistema de valores e sim encontrar-se com Sua Pessoa. E neste encontro temos a vida eterna.



Nenhum comentário:

Postar um comentário